Sobre a internet

email

Pode parecer contraditório, já que criei este blog, mas é cada vez maior o meu desejo de passar menos tempo online. E fazer isto tem sido um grande desafio, depois de tantos anos dependente desta rede de informações e distrações.

Pude notar esta dependência pensando na primeira coisa que fazia ao acordar e na minha última ação antes de dormir: ligar e desligar o modem da internet, respectivamente. E se não estava em casa, minha primeira preocupação, ao chegar em qualquer lugar, era procurar alguma rede wi-fi e descobrir a senha. Isto porque não tenho internet móvel.

Checar minha caixa de e-mails pela manhã se tornou uma das minhas principais motivações para acordar, mesmo que eu fizesse isto ainda deitada. E, depois de passar o dia clicando no botão atualizar, uma última checada antes de dormir era sagrada. Afinal, podiam me enviar algo muito importante e não dava para esperar até o dia seguinte…

O pior de tudo era constatar que, mesmo com tantas visitas ao correio eletrônico, as mensagens recebidas e lidas se acumulavam rapidamente e ali ficavam por dias, meses, anos… Eu não tinha tempo para respondê-las – justificava para os outros e para mim mesma. A verdade é que essas “simples olhadinhas” no meu e-mail eram apenas ansiedade por receber algo novo. E é isso que parece mover a internet e seus usuários: a novidade, a necessidade de obter mais e mais informações.

Não falo só de informações atuais, mas daquelas que são novas para nós. Quantas vezes fiz longas pesquisas, salvando e catalogando inúmeras fontes de informações, sem chegar a realmente ler e utilizar nenhuma delas? Quantas vezes li sobre um assunto incansavelmente, querendo saber mais (e na internet sempre há mais), mas esquecendo-me de criar ou produzir algo com estas informações, quando essa era a intenção ao procurá-las?

A internet tem seu lado positivo, sem dúvidas, mas no meio dos excessos, do constante estímulo por mais, das inúmeras distrações, a balança acaba pesando mais para o outro lado. Certamente este é um tema que tenho muito pra refletir, e praticar. Decidi então estabelecer prioridades e limites na minha vida virtual, e sobre isso pretendo escrever melhor em breve.

Sei que meu dia pode ser bem mais, sem esta constante ansiedade por atualizações e informações novas. Sei que posso produzir melhor sem tantas distrações. Sei que a minha motivação para acordar todas as manhãs pode ser algo realmente significativo. Ao menos deveria ser…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s